3 de novembro de 2009

Turismo pela cidade de Milão

Turismo nella città di Milano


Monumento ao artista Leonardo da Vinci, em Milão
Monumento a Leonardo da Vinci
Milão foi a minha porta de entrada na Itália. Na Estação Central de Trem da cidade eu pisei pela primeira vez em solo italiano, após chegar de Paris, em 2005. Então, que tal transformarmos este post num breve passeio pela segunda maior cidade italiana, centro financeiro do país e reduto mundial da moda?

Milano è stata la mia porta d'entrata nel'Italia. Nella Stazione Centrale ho messo per la prima volta i piedi sul suolo italiano, dopo arrivare da Parigi, nel 2005. Quindi, perché non trasformare questo post in un breve giro nella seconda città più grande d'Itali, il centro finanziario e il capoluogo della moda mondiale?

Galleria Vittorio Emanuele

TEXTO ALTERNATIVO
Galleria Vittorio Emanuele
Depois de deixar as malas no Hotel Ibis do Centro, o primeiro lugar que conheci foi a Galleria Vittorio Emanuele, projeto do arquiteto Giuseppe Mengoni e inaugurada em 1878. Sonhava em caminhar sobre os mosaicos desta majestosa obra. Pelas ruas a caminho, é possível observar inúmeras lojas das marcas de roupas e acessórios mais famosas do planeta.

Dopo aver lasciato le valigie presso l'Hotel Ibis, nel Centro, il primo posto che sono stato è la Galleria Vittorio Emanuele, progettata dall'architetto Giuseppe Mengoni e inaugurata nel 1878. Sognava di camminare sulle piastrelle di questa maestosa opera. Lungo la strada, si possono trovare diversi negozi di marche di abbigliamento e accessori più famosi del pianeta.

Duomo di Milano

Duomo di Milano
Duomo di Milano, após a reforma
Quem chegar até a galeria não pode deixar de visitar o ponto mais famoso da cidade, o Duomo di Milano. A catedral é enorme. Em 2005, a fachada estava sendo restaurada. Mas conheci o interior dela, igualmente muito bonito.

Chi arriva alla galleria può visitare il monumento più famoso della città, il Duomo di Milano. La cattedrale è enorme. Nel 2005, la facciata era in fase di restauro. Ma ho conosciuto dentro, anche molto bello.

Castello Sforzesco

Castelo Sforzesco, em Milão
Castello Sforzesco
A cidade tem inúmeros pontos turísticos para serem apreciados. Um deles é o Castello Sforzesco, que ao longo da história passou por várias construções e demolições. A primeira foi inaugurada em 1370, para abrigar o visconde Galeazzo II, dono de grande parte das terras na região.

Nella città ci sono molti luoghi di interesse per essere apprezzati. Uno è il Castello Sforzesco, che nel corso della storia ha attraversato diverse costruzioni e demolizioni. E' stato aperto nel 1370 per ospitare il visconte Galeazzo II, proprietario di tante terre nella regione.

Diversão / Divertimento

Janayna Lys
Bairro do Naviglio, em Milão
Naviglio, à noite
Milão não é só trabalho. Se quiser se divertir em algum barzinho, uma dica é o Bairro Naviglo. À noite, a Via San Cristoforo é fechada para carros. Inúmeros bares temáticos instalam as mesas ao longo da via, que é dividida por um rio. Tem até bar brasileiro. Gostei de um em que as mesas intercalavam nas cores preto e branco, distribuídas para lembrar um tabuleiro de xadrez.

Janayna Lys
Bairro do Naviglio, em Milão, de dia
Naviglio durante o dia
Milano non è soltanto lavoro. Se si desidera divertirsi in un bar, una punta è la zona dei Naviglio. Alla sera, la Via San Cristoforo è chiusa al traffico. Molti bar metteno le loro tavole lungo il percorso, che è diviso da un fiume. C'è anche un bar brasiliano. Mi piaceva quello in cui le tabelle erano intercalati in bianco e nero, distribuiti per ricordare una scacchiera.

Vídeo / Video


3 comentários:

sucrasmovie disse...

Ola Hermes lorenzon todo bem? então gostaria q vc me ajuda-se e que procuro informaçoes como se chama o TREM q sai de PARIS pra ITALIA(milão)e onde pego esse trem q terminal, em que lugar de paris.. e quanto custa essa viagem? obrigado pela atenção meu e-mail e sucras@hotmail.com..

Anônimo disse...

Olá amigo. Andar de trem pela Europa é muito fácil, emobora não seja barato:de Paris para Milão você provavelmente terá que usar o TGV, trem de alta velocidade, mas pela minha experiêcia pessoal, asseguro que não compensa o gasto e esforço para ficar em Milão, há coisas muito mais interessantes na Suiça, que fica bem mais perto, ou outras cidades próximas da própria Itália.

Maria disse...

Muito obrigada pelas dicas. Foram muito úteis para a minha próxima viagem. Também encontrei boas dicas neste site http://viagemhoje.com/o-que-fazer-em-milao-italia.html e acho que vou ter uma boa viagem.

Postar um comentário

Esperamos seu comentário. Aspettiamo i vostri commenti.